Lei do Esforço Zero

Não há dúvida de que o Universo caminha como um rio. Ou seja, o rio desce a montanha pelo caminho de menor esforço e assim anda todo o Universo. Ou seja, entre um ponto do rio e o ponto seguinte, infinitesimalmente próximo, existe um esforço nulo de movimento.

Este princípio é o princípio da Lei de Esforço Zero. Jamais o rio irá subir a montanha ou andar para o lado, caso ele possa descer a montanha. A minha tese é exatamente esta, se temos 2 pernas é porque devemos dar um passo de cada vez e não tentarmos dar 10 passos ao mesmo tempo, porque 10 passos violam a Lei do Esforço Zero enquanto 1 passo está em sintonia com o Princípio da Lei de Esforço Zero. Isto significa que tudo que é para nós, vem para nós de forma tranqüila, fácil, suave, sem esforço. Enquanto que tudo que temos que nos esgoelar para conseguir, gerar um esforço sobrenatural para alcançar está indo contra a Natureza, ou seja, contra o Universo.

É claro que se você deseja brigar com o Universo, isto é um direito seu, mas eu sou obrigado a dizer que isto não é uma atitude sábia.

Comece a observar a Lei do Esforço Zero agindo em volta de você… ela ocorre em tudo… ela opera o tempo todo… por exemplo, quando um amigo te oferece uma bala… se você quisesse comer uma bala teria que pegar dinheiro, sair de carro, ir até a padaria ou ao mercado e comprar a bala… este esforço duraria no mínimo meia hora,… mas o Universo te traz a bala, agindo com o princípio da Lei do Esforço Zero. Isto não significa que não devamos nos esforçar para realizar as coisas, ao contrário, significa que devemos nos esforçar sim, mas na medida da nossa capacidade, do nosso poder, do nosso passo, do nosso infinitesimal esforço zero. Pois estender a mão para um amigo é estar em sintonia com a Lei do Esforço Zero, uma vez que não podemos violar o princípio do movimento, pois é conhecido de que o rio nunca pára…

Lei do Esforço Zero não é parar, mas mover-se continuamente de forma tranqüila, com suavidade, com leveza, exercendo a sua Ação no Mundo… Fazendo a sua diferença no Mundo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *