Esfera Artística

Aspectos Conceituais e Filosóficos da Esfera

A Esfera Artística, representada pela cor azul índigo, se relaciona com o centro de força frontal, o terceiro olho, muitos como o exemplo do matemático René Descartes se referiam a este centro de força como “a janela da alma”. Ou ainda “as portas da percepção” citada pelo poeta e pintor inglês William Blake em sua celebre frase: “Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria para o homem tal como é: infinito”. A arte pode ser descrita como o suprassumo da tecnologia, o último degrau de nossa ciência e sensibilidade, ou ainda o limiar entre o tangível e o intangível.

O equilíbrio desta esfera se dá pelas relações harmônicas entre as artes, as ciências e a espiritualidade. Que visa a união das quatro esferas do indivíduo (física, emocional, mental e transpessoal) para a integração com os demais e para a manifestação da mais pura expressão da arte.

art

Estrutural

Esta esfera terá centros para o desenvolvimento das diversas manifestações da arte: música, pintura, poesia, arte geométrica, cymática, arte indígena, esculturas, dança, teatro, filmes e documentários de produção própria, tais iniciativas como “orquestra na floresta” e “ música das plantas”, contando com uma oficina para instrumentos e luthiaria.

arcoiris3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *